Últimas Notícias
Carregando...

Hamm quer vaga na nova CPI da Petrobras

Por Sidimar Rostan
Jornal Minuano

O deputado federal Afonso Hamm (PP) apresentou requerimento ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), solicitando a consideração de sua assinatura para efeito de apoiar e integrar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada com a finalidade de investigar a prática de atos ilícitos e irregulares no âmbito da empresa Petróleo Brasileiro (Petrobras). 

O ato de criação da CPI foi lido em plenário, pelo presidente da Casa, na quinta-feira, 5. A Comissão terá 26 membros titulares e 26 suplentes. A composição deve obedecer à formação de blocos partidários. Com isso, o bloco liderado pelo PMDB, que inclui o PP, terá direito a 11 vagas. O PT, que chegou a manifestar a intenção de indicar o presidente, deve ficar com oito vagas, mas dificilmente levará a presidência. O bloco do PSDB terá seis representantes. PDT e PSOL, que oficialmente não participam de nenhum bloco, terão direito a uma vaga cada. 

A nova CPI da Petrobras deverá investigar denúncias de irregularidades que teriam ocorrido entre os anos de 2005 e 2015, o que inclui a venda de ativos na África, favorecimentos em licitações e a constituição de empresas subsidiárias e sociedades de propósitos específicos, por parte da estatal, com a finalidade de praticar atos ilícitos. As indicações partidárias ainda serão formalizadas pelas lideranças. O requerimento de Hamm, portanto, não representa uma garantia de participação. A Comissão deve ser formada, oficialmente, só depois do carnaval.

Leia também:

0 comentários