22 de fev de 2015

José Felipe da Feira (PTB), vai ocupar a função de segundo secretário da AZONASUL

O prefeito de Aceguá, Júlio César Pintos (PMDB), assumiu a segunda vice-presidência da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) na sexta-feira, 20, durante assembleia realizada em Rio Grande. 

A gestão 2015 será comandada pelo prefeito de Pelotas, Eduardo Leite (PSDB). 

A primeira vice-presidência será exercida pelo prefeito de São Lourenço do Sul, Daniel Raupp Martins (PT). O prefeito de Pinheiro Machado, José Felipe da Feira (PTB), vai ocupar a função de segundo secretário. 

A eleição ocorreu sem disputas, através da aclamação unânime da chapa de consenso apresentada pelos prefeitos com a participação de diversos partidos políticos. Leite foi indicado ao cargo pelos outros três prefeitos tucanos (Fábio Tunes, de Pedras Altas, Zeny dos Santos Oliveira, de São José do Norte, e Wilson Gomes, de Piratini), que em função do acordo de rodízio partidário, estariam aptos a assumir o comando da entidade. 

A Associação integra os municípios de Aceguá, Amaral Ferrador, Arroio do Padre, Arroio Grande, Candiota, Canguçu, Capão do Leão, Cerrito, Chuí, Herval, Jaguarão, Morro Redondo, Pedras Altas, Pedro Osório, Pelotas, Pinheiro Machado, Piratini, Rio Grande, Santa Vitória do Palmar, Santana da Boa Vista, São José do Norte, São Lourenço do Sul e Turuçu. 

Metas para gestão 

Em seu discurso, o novo gestor, um dos mais jovens eleitos à presidência da Associação, disse estar orgulhoso em ter a oportunidade de assumir a liderança da entidade. "Tenho consciência de que vou coordenar os trabalhos de um grupo suprapartidário, com pensamentos diferentes, mas com objetivos comuns. O trabalho será pautado em estratégias coletivas para o desenvolvimento", adiantou. 

De acordo com a assessoria da entidade, o novo presidente ainda elencou como metas o trabalho pela modernização das estruturas das gestões públicas municipais, o estabelecimento de pauta regional permanente para ser encaminhada junto aos governos estadual e federal, assegurando, assim, ações voltadas à zona Sul gaúcha nos novos mandatos governamentais. 

A gestão de Leite também deve fomentar ações voltadas à retomada da autoestima das comunidades da região através de uma campanha institucional valorizando as diversas potencialidades locais.

0 comentários: