Últimas Notícias
Carregando...

Manifesto dos caminhoneiros é pausado na região

Às 7h30min de ontem, a BR 293 foi desobstruída pelos caminhoneiros que estavam, desde segunda-feira, próximo à Vila Umbu, em Pinheiro Machado. Todos os caminhões que estavam parados puderam seguir ao seu destino. Entretanto, novos atos ainda devem acontecer. 

Conforme o motorista Lauro Brandstetter, o acordo realizado pela Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) com o governo federal, não contempla as reivindicações da maioria: "Está muito longe do que queríamos, por isso vamos voltar com novos protestos, que incluem ainda o aumento do salário dos motoristas e a reativação do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pinheiro Machado", destaca. Brandstetter conta que os caminhões que estavam parados foram liberados, após uma negociação com a PRF e também porque os colegas já estavam cansados de ficarem lá. 

O governo propôs, na noite de quarta-feira, sancionar sem vetos a Lei dos Caminhoneiros, não reajustar o preço do diesel nos próximos seis meses e facilitar o financiamento de caminhões. As reivindicações da categoria são: reduzir o preço do combustível, o aumento do preço do frete e melhores condições das estradas.

Leia também:

0 comentários