26 de mai de 2015

Assassino natural de Pinheiro Machado continua foragido da Polícia

Um dos autores de um dos crimes mais bárbaros da história de Piratini pode estar sendo assistido em seu esconderijo por uma enfermeira. A informação é extraoficial, mas, já chegou ao conhecimento dos agentes da Polícia Civil. A.J.A.V., natural de Pinheiro Machado, 35 anos, estaria com ferimentos adquiridos ao pular uma cerca de arame farpado quando fugiu de uma patrulha da Brigada Militar na noite da sexta-feira, 22, nas imediações do Cemitério Municipal de Piratini. 

Ele é um dos autores do homicídio cometido contra Dorvalino Rodrigues da Silva que foi morto com requintes de crueldade em sua residência na Rua Prefeito Alfredo Freitas da Cruz em 2006 e pelo fato foi condenado a 27 anos de prisão. 

Mesmo com seu histórico de violência também durante o cumprimento da pena, já que apresentou alterações pelos vários presídios que passou, sendo que em um deles enfiou uma bomba de chimarrão no pescoço de outro apenado, ele conseguiu rumar para o regime semiaberto enquanto cumpria pena em Pelotas. 

Conforme os registros policiais em 27 de março deste ano ele saiu para procurar emprego e não voltou para pernoitar na cadeia. A polícia trabalha para elucidar o caso e requisita que informações sobre o paradeiro do foragido assim como sobre a possível enfermeira que estaria o ajudando sejam repassadas mesmo de forma anônima aos telefones 197 e 190.

Com informações de Nael Rosa - Blog Eu Falei Piratini
http://eufaleipiratinirs.blogspot.com.br/2015/05/assassino-de-dorvalino-continua.html

0 comentários: