28 de mai de 2015

“Se pagar o Piso do Magistério, haverá atrasos no pagamento do funcionalismo”, destacou Felipe da Feira

Na quinta-feira (21) o promotor de Pinheiro Machado, Adoniran Lemos Almeida Filho convocou uma reunião que envolveu o Prefeito Municipal José Felipe da Feira e as integrantes da Comissão de Estudos do Plano de Carreira do Magistério, formada por professores que representam a categoria, representante do SiMPiM e da SMEC. 

Na reunião o promotor colocou sua preocupação com a grande demanda de ações judiciais de professores locais contra o Executivo, na busca do pagamento do Piso Nacional do Magistério estabelecido pela LEI 11.738/2012. 

Na companhia do assessor jurídico da Prefeitura Municipal, o prefeito concedeu entrevista ao Jornal Tribuna do Pampa, do município de Candiota, onde colocou que o Secretário da Fazenda está estudando o fato. 

Mas ele destacou a atual crise financeira no município e que se Executivo tiver de pagar o piso do magistério, o salário dos funcionários municipais certamente não serão pagos em dia, o que ocasionará em transtorno aos mesmos.

0 comentários: