22 de mai de 2015

Trânsito e Legislação - Movimento MAIO AMARELO - Atenção pela Vida!

Por Victor Duarte  

Como esse mês é dedicado ao movimento MAIO AMARELO - Atenção pela Vida, reproduzo o chamamento do Diretor do Denatran. O movimento teve sua primeira realização em 2014 e é um movimento de várias entidades Brasileiras de mobilização e conscientização para a redução de acidentes e para um trânsito seguro em qualquer situação. 

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre Poder Público e a sociedade civil, de colocar em pauta o tema acidente de trânsito e, mais do que chamar a atenção da sociedade sobre os altos índices de mortes, feridos e sequelados permanentes no trânsito no país e no mundo, mobilizar o envolvimento dos órgãos de governo, empresas, entidades de classe, associações, federações, sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que o tema exige, nas mais diferentes esferas. 

O mês de maio foi considerado como propício para este movimento uma vez que coincide com algumas comemorações como: a Semana Mundial de Segurança do Pedestre, a Semana Global das Nações Unidas sobre Segurança no Trânsito e o lançamento da Década de Ação pela Segurança no Trânsito.  

A ideia de se utilizar uma cor, segundo o próprio movimento, é aplicar a tática bem-sucedida do “Outubro Rosa” - para reflexão sobre o câncer de mama – e o “Novembro Azul” - para debater os assuntos atinentes ao câncer de próstata. O “Maio Amarelo” vai promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadã, em seus deslocamentos diários no trânsito.  

A escolha propositada do laço como símbolo da campanha vai de encontro com a necessidade de a sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar as cautelas e prudências hábeis a poupá-lo de ser uma vítima, e a cor amarela é devida uma vez que esta simboliza a atenção e também a sinalização de advertência no trânsito.  

Cabe ressaltar que o movimento “Maio Amarelo”, é uma ação e não uma campanha, ou seja, cada entidade/empresa pode utilizar o laço do “Maio Amarelo” em suas ações de conscientização tanto no mês de maio, como, na medida do possível, durante o ano inteiro.  

O movimento foi idealizado no intuito de cumprir ações que além de levar a discussão para várias esferas, incluindo uma ampla divulgação nos meios de comunicação de massa de todo país, viabilizar uma reflexão no comportamento de cada cidadão diante do que hoje chamamos trânsito, revendo-se os conceitos sobre transitar, passando pelo mais importante dos argumentos: a prática da cidadania; bem como o de ter o envolvimento de cada instituição por meio dos melhores esforços para tornar possível a conscientização dos brasileiros sobre o trânsito, pois só assim conseguiremos reverter esse quadro de total epidemia.  

Evocamos a participação e envolvimento de todos comprometidos com o bem-estar social, educação e segurança no trânsito a levantar essa bandeira e fazer do mês de maio a continuação de mudanças e do AMARELO a cor da “atenção pela vida”.

0 comentários: