27 de jul de 2015

Transcampesina na pauta do governo do Estado

Os prefeitos da região devem cumprir agenda em Porto Alegre, amanhã, junto ao titular da secretaria estadual de Transportes e Mobilidade, Pedro Westphalen. Em pauta estará a pavimentação da Transcampesina. De acordo com o prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador (PT), dois assuntos devem ser tratados: a manutenção da rodovia e a pavimentação do segundo trecho.

A primeira parte da obra deve ser viabilizada com recursos do governo federal, interligando Aceguá a Hulha Negra. Folador explica que os integrantes do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental da Bacia do Rio Jaguarão (Cideja), presidido por ele, devem apresentar a Westphalen um pedido para que a manutenção da via fique a cargo do Estado. "A vida útil do asfalto é de 20 anos. Mas temos que ter uma garantia de quem será responsável pela manutenção, quando precisar. Por isso vamos pedir ao governo estadual", revela.

Os prefeitos de Hulha Negra, Erone Londero (PT), de Aceguá, Júlio César Pintos (PMDB), e de Pedras Altas, Fábio Tunes (PSDB), devem participar da reunião. O segundo tema da pauta está relacionado ao prosseguimento do projeto. "Conseguimos um indicativo do Ministério do Planejamento e do Ministério de Relações Exteriores sobre a possibilidade de um investimento na pavimentação do segundo trecho da estrada, através do Fundo de Convergência Estrutural do Mercosul (Focem). Seria necessária uma contrapartida de 15% do valor, só que os municípios não têm este recurso", conta. O trecho vai de Hulha Negra a Candiota e o custo está estimado em R$ 10 milhões. 

Escrito por Sidimar Rostan
http://www.jornalminuano.com.br/VisualizarNoticia/19902/transcampesina-na-pauta-do-governo-do-estado.aspx

0 comentários: