Últimas Notícias
Carregando...

André Kisuco participa de reunião que tratou vinda de oficinas de educação ambiental para alunos da rede municipal de ensino

Na tarde de quinta-feira, 08 de outubro, o vereador socialista André Kisuco participou de audiência, representando o colega vereador Rogério Gomes de Moura juntamente com o chefe do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Pinheiro Machado, Rissielli Alves de Oliveira e o licenciador ambiental André Petick Dias da Rumo ALL. 

Na ocasião os pinheirenses buscaram firmar parceria com a empresa para disponibilizar oficinas para os alunos de 4º e 5º anos, da rede municipal de ensino, na área de Educação Ambiental. 

Inicialmente a proposta, conforme explicou o licenciador André Petick, caso venha a se confirmar, irá atender os alunos das Escolas Senador José Ermírio de Moraes, Escola Manoel Lucas Prisco e Escola São João Batista. 


Uma das propostas da empresa trata do vagão cultural que tem o objetivo promover atividades culturais que levam cidadania e educação às comunidades com palestras sobre educação ambiental. A ideia é vivenciar e resgatar a história dos brinquedos, proporcionar para as crianças a sua integração social, aprender a conviver com os outros, a situar-se frente ao mundo que a cerca. O conceito do vagão Cultural não é apenas saudosismo, mas ensinar, estimular a fantasia e também a criatividade. 

Outros Projetos 

Além do Vagão Cultural, outros projetos do Instituto ALL destacam-se como, por exemplo, as Palestras Educativas nas Escolas, em que estudantes recebem orientação sobre os cuidados ao cruzar a linha férrea e o Projeto Viajando com Monteiro Lobato que tem por objetivo despertar o gosto pela leitura nas crianças e adolescentes por meio da encenação de histórias mediadas pela leitura. 

Sobre o Instituto ALL 

Criado em 2008, o Instituto ALL de Educação e Cultura tem proporcionado a colaboradores e membros das comunidades próximas atividades que promovem conscientização da importância do meio ambiente, educação e cultura para o desenvolvimento social. Com o título de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), o Instituto pode receber doações feitas por pessoas jurídicas, que contam com a possibilidade de dedução em seu imposto de renda. Os projetos são apoiados em leis de incentivo cultural, esportivo e social.

Leia também:

0 comentários