Últimas Notícias
Carregando...

Começa negociação entre bancos e grevistas

Após 15 dias de greve, representantes dos bancários e da Federação Nacional dos Bancos se reuniram para dar início a uma negociação. O encontro foi marcado para a tarde de ontem e se estendeu até o início da noite. Até o fechamento da edição, não havia definição. Em nota oficial, a Fenaban informou que esperava pela construção de uma negociação que culminasse em "um acordo que atenda os interesses de ambas as partes". 

É importante lembrar que, antes da deflagração da greve, a Federação Nacional dos Bancos havia oferecido 5,5% de reajuste para salários e vales, além de abono de R$ 2,5 mil não incorporado ao salário, o que foi recusado pela classe trabalhadora. A categoria reivindica reajuste salarial de 16%, com aumento real de 5,7%.

Leia também:

0 comentários