Últimas Notícias
Carregando...

Pinheiro Machado aguarda homologação do decreto de emergência

32 municípios já decretaram situação de emergência em razão do temporal da última semana no Rio Grande do Sul e aguardam a homologação do Estado. Segundo o último balanço da Defesa Civil, outras 28 cidades ainda realizam o levantamento de dados e análise da documentação.

Vinte e seis municípios que tiveram o decreto coletivo elaborado pelo governo do Estado, além de Rio Pardo, já tiveram a situação de emergência reconhecida pela União. 

Ainda segundo o balanço do órgão o número de municípios atingidos subiu para 106. Nesta terça-feira (20), foram incluídos a lista Pinheiro Machado, Pedras Altas, Santa Teresa, Herval, Chuvisca e Piratini.

Além disso, o número de pessoas fora de casa reduziu de 7 mil para 6,8 mil. São 5,5 mil pessoas em residências de parentes e amigos e outros 1,3 mil em abrigos. No total, 147 mil pessoas foram atingidas além de mais de 35,1 mil residências danificadas.




O Governo Federal já enviou 22,2 mil kits de ajuda humanitária, que contêm colchões e itens de dormitório, limpeza e higiene pessoal. Desse total, 6,2 mil são remanescentes das chuvas de julho.

A Defesa Civil mantém o alerta para a previsão de chuvas intensas, com a possibilidade de queda de granizo, alagamentos e descargas elétricas em grande parte do Estado. Problemas ou situações de risco podem ser informados através do telefone de emergência 199.

Municípios com decreto de Situação de Emergência individual

Arroio do Meio
Bom Princípio
Cacequi
Candelária
Canoas
Casca
Estrela Velha
Faxinal do Soturno
Gramado Xavier
Ibarama
Imigrante
Ipê
Jaguari
Jari
Lagoa Bonita do Sul
Mato Leitão
Nova Santa Rita
Passa Sete
Quevedos
Restinga Seca
Rio Pardo
Santa Tereza
Santo Antonio da Palma
Santo Antônio da Patrulha
São Francisco de Paula
São João do Polêsine
São Martinho da Serra
São Vicente do Sul
Sapucaia do Sul
Sobradinho
Uruguaiana
Vera Cruz

Leia também:

0 comentários