4 de fev de 2016

Cideja ajusta detalhes para contratar empresa que vai elaborar projeto da Transcampesina

O convênio com o Ministério da Integração Nacional, assinado em Brasília, vai viabilizar a liberação de R$ 5 milhões para que o Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental dos Municípios da Bacia do Rio Jaguarão (Cideja) possa contratar a empresa que vai elaborar o projeto técnico de execução da rodovia Transcampesina. 

O presidente do Cideja e prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador (PT), acredita que o processo deve ser concluído em três meses. "Estamos em fase de apresentação de documentos. Faz parte do trâmite licitatório", pontua.

Com a garantia da elaboração do projeto, o Consórcio deve intensificar a articulação para garantir a inclusão do projeto de pavimentação na terceira fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. 

Pelo menos, R$ 20 milhões podem ser destinados para a primeira fase do empreendimento que deve ligar Aceguá a Hulha Negra em uma espécie de extensão da RSC-615. A intenção, porém, é garantir recursos para a conclusão do traçado, que inclui Candiota e Pedras Altas.

0 comentários: