11 de jan de 2016

Gaya Aventura Park: opção de diversão e lazer na região da Campanha

Valorizar a região da Campanha foi a ideia inicial do casal, Thaís Cunha e Danúbio Peres, no momento em que decidiram criar o Gaya Aventura Park, localizado na zona rural de Pinheiro Machado. Um ambiente onde o turismo aquático, rural e de aventura é enaltecido por diversas atrações. 

“Nosso slogan é: saia do nível do mar e eternize seus momentos aqui. É bem essa necessidade de investir no lazer”, explica. 

Inaugurado em dezembro de 2013, o Gaya Aventura Park está localizado no Curral das Pedras, a cerca de sete quilômetros do centro de Pinheiro Machado. Thais explica que a diversão é garantida para toda família. “Fica apenas 80 quilômetros de Bagé e menos ainda de Candiota, Hulha e Pinheiro. A entrada, fica à esquerda de quem vem de Bagé, em direção a Pelotas. Passa o segundo trevo, dobra à esquerda, em uma estrada de chão”, completa. 

Conforme a sócia-proprietária Thaís, o objetivo é sanar uma necessidade, vislumbrada por ambos, da falta de opções de lazer em locais próximos à cidade. E, ao mesmo tempo, fugir das tradicionais viagens até o litoral. “Precisamos nos deslocar quase 200 quilômetros para chegar até uma praia. Pensando nisso, queremos oportunizar um local perto, mas que garanta a mesma satisfação”, destaca.  






Conheça o local 

Entre as opções para quem quiser conhecer a mais nova rota de lazer da Campanha, Thaís cita algumas das atrações. “Temos piscina para adultos e crianças, com toboágua; a segunda maior tirolesa em distância do Estado, com 650 metros; camping para acampamento com churrasqueira; água e eletricidade. Além disso, pode ser realizada pescaria nas barragens. Também possuímos um restaurante com alimentação variada, com lanches e refeições”, detalha. 

O Gaya Park também oportuniza atividades como trilhas ecológicas até pontos como a Pedreira do Cerro dos Cachorros. “A ideia é proporcionarmos conhecimentos sobre a mata nativa, a vegetação e toda a biodiversidade existente”, comenta Thais, que também é formada em Gestão Ambiental. 

O passeio, em alguns pontos, pode ser feito a cavalo ou mesmo de quadriciclo. Neste ano, conforme for o clima, a proprietária destaca que espaço ficará aberto durante todo o ano. “Funcionamos geralmente de dezembro a março. Porém, se fizer um tempo bom, iremos proporcionar atividades no período de frio. Abrimos de segunda a domingo, das 9h às 19h30min, também há possibilidade de pernoite”, informa.  

Onde 
Para chegar até o Gaya, a rota correta é dirigir-se até o trevo principal de Pinheiro Machado, o segundo quem vai de Bagé/ Pelotas, na BR-293 e, em vez de adentrar à cidade, pega-se o caminho contrário, pela estrada "China Inocência". Na via, o caminho a ser percorrido é de sete quilômetros. Valores: R$ 10 – Adultos, R$ 5 – Crianças; pernoite é acrescido de R$ 5. Tirolesa (pagamento à parte) – R$ 20

Fotos: Anderson Ribeiro
Texto: Rochele

Fonte: Jornal Folha do Sul

0 comentários: