Últimas Notícias
Carregando...
,

Castelo de Pedras Altas - O recanto de Assis Brasil

O castelo de Pedras Altas está localizado no município de Pedras Altas, sendo umas das principais obras arquitetônicas da história do Estado do Rio Grande do Sul. O castelo de Pedras Altas se localiza na região do pampa no sul do RS, fazendo parte da história e patrimônio dos gaúchos. 

Nascido em São Gabriel, Joaquim Francisco de Assis Brasil foi um diplomata, político, revolucionário, agropecuarista e escritor. Depois de ter atuado nas embaixadas de Washington e Portugal e discursado em parlamentos, Assis Brasil queria morar no campo. Também desejava oferecer conforto a segunda mulher, Lídia Pereira Felício de São Mamede, filha de José Pereira Felício, o segundo conde de São Mamede. Os dois se casaram em Lisboa, em 1898. A escolha da sede do castelo aconteceu em 1904. Situada a 30 quilômetros de Pinheiro Machado, Pedras Altas tem pastagens abundantes e fontes de água. A pedra angular da fortaleza, de 44 cômodos, foi lançada em maio de 1909. 

Pedras Altas impulsionou a atrasada pecuária gaúcha. Assis Brasil importou vacas Jersey da Inglaterra, robustos touros Devon, cavalos árabes e ovelhas Karakul e Ideal. Só criava animais de raça, como galinhas white wyandotte trazidas dos Estados Unidos. Ele também introduziu novas espécies de árvores, como o eucalipto, construiu estrebarias, galpões e porteiras que ainda funcionam. 

Ainda inventou utensílios, como a bomba de chimarrão de mil furos que jamais entope e leva o seu nome. Assis Brasil ergueu a fortaleza com traços medievais numa das paisagens mais isoladas do Rio Grande do Sul para mostrar que era possível desfrutar a natureza sem ficar embrutecido. A ideia não era ostentar, mas enobrecer e valorizar o campo. 

O castelo foi inspirado no antigo lar de sua esposa, para fazê-la sentir-se em casa. Usou granito rosa e trouxe três espanhóis para trabalhar as pedras e encaixá-las sem uso de argamassa. Ergueu um império onde dez crianças e seis empregados viviam baseados na concepção de mundo que tinha: o campo aliado à intelectualidade. Depois de mexer com a terra, faziam saraus, atividades culturais e se debruçavam em literatura em inglês, francês, latim e português em uma biblioteca com nove mil exemplares, projetada de maneira que o sol entrasse e as obras não mofassem. Foi no Castelo de Pedras Altas que aconteceu o pacto de Pedras Altas, tratado de paz que acabava com a Revolução de 1923, luta ocorrida no Rio Grande do Sul e que teve a duração de 11 meses e foi o último conflito armado entre elites estaduais. 

Opuseram-se, novamente, maragatos e chimangos, alcunha pejorativa em alusão à ave de rapina, e que, outrora, eram denominados pica-paus. O pacto de Pedras Altas foi assinado em 14 de dezembro de 1923 e o castelo de Assis Brasil entrava para a história do Rio Grande do Sul e do Brasil.

Leia também:

0 comentários