Últimas Notícias
Carregando...

Finagro avança para construção da fábrica de pellets em Pinheiro Machado

Durante a 32ª edição da Feira e Festa Estadual da Ovelha - Feovelha, o presidente da Finagro, Afonso Bertucci, revelou avanços na construção da fábrica de pellets em Pinheiro Machado. O projeto é de US$ 220 milhões e deve gerar 600 mil toneladas de biocombustível anualmente.

De acordo com Bertucci, o projeto iniciado há um ano e meio funcionará na fazenda Casa Branca, em direção a Pedras Altas, onde há um cruzamento com o rio, ferrovia e estrada. Ao total, serão 1.100 empregos diretos na fase de construção, que gerará uma renda de 4 milhões por mês para a cidade.

“Já fizemos projetos de engenharia com grandes empresas alemãs e francesas. Mapeamos os produtores que vão nos fornecer, discutimos com a ferrovia o transporte do pellets até o porto de Rio Grande e agora estamos trabalhando na concessão do terminal portuário”, revela o presidente da Finagro.

A intenção é construir uma usina termoelétrica, que além de ser autossustentável ainda irá gerar uma energia para ser comercializada na rede. O faturamento inicial previsto é de US$ 160 milhões.

“A arrecadação para os cofres de Pinheiro Machado vai ser bastante significativa. O pellets substitui o carvão mineral nas termoelétricas por ser uma energia renovável. Temos grandes expectativas de êxito no projeto”, almeja Bertucci.

A estimativa é que a construção da fábrica de pellets inicie no primeiro trimestre de 2017.

Redator: Tradição Regional

http://www.jornaltradicao.com.br/site/content/variedades/index.php?noticia=16846

Leia também:

0 comentários