30 de mar de 2016

Égua com suspeita de mormo passará por teste de maleína no dia 5 de abril

A suspeita de um caso de mormo em uma propriedade rural de Pinheiro Machado pode chegar ao fim nos próximos dias. É o que garante a Inspetoria Veterinária do município. 

A égua de cinco anos, suspeita de ter a doença desde que foi submetida a um teste inicial em janeiro, cujo resultado foi positivo, passará por um exame de maleína no dia 5 de abril. 

O chefe da seção da Inspetoria Veterinária do município, Michel Régio Marques, informa que a expectativa é de que o resultado seja obtido o mais rápido possível. “Acredito que dentro de 10 dias após o teste de maleína tenhamos o resultado”, destaca. 

A propriedade em que se encontrava o animal segue interditada desde o dia 15 de janeiro. Ela só será liberada após a divulgação desse resultado. A égua está em isolamento, assim como outros cavalos da propriedade.  

Números 
A Secretaria da Agricultura, divulgou, em seu último levantamento, que de junho do ano passado até fevereiro de 2016 já foram registrados 25 focos com a doença em um total de 41 animais comprovadamente positivos. 

Desse número, 39 foram diagnosticados como positivos através do teste de maleína; um equino por Western Blooting e outro morreu antes de ser sacrificado. Ainda estão sob investigação cerca de 50 propriedades gaúchas. Cinco já estão liberadas após ser concluído o processo de saneamento. Já 39 suspeitas para mormo foram descartadas, inclusive uma em Bagé, que ocorreu em novembro.

0 comentários: