30 de mar de 2016

Jaime Lucas entende que secretários municipais que não realizam bom trabalho devem ser substituidos

Na terça-feira, 22 de março, fazendo uso da palavra o vereador Jaime Iran Fernandes Lucas, após saudar os presentes na sessão, manifestou sua solidariedade e pronto restabelecimento aos problemas de saúde enfrentados pelo senhor João Neltair Camacho, pessoa por quem nutre muito respeito pela pessoa solidária que é. 

Na sequencia agradeceu aos vereadores que compareceram ao café da manhã com o Governador do Estado José Ivo Sartori. 

“Os vereadores que me antecederam fizeram criticas a vários setores da administração municipal, e entendo que ao invés de criticar o que está sendo feito de forma errada no Governo Federal deveríamos começar a resolver aquilo que está errado em nosso Município. Às vezes me pergunto onde estão os Secretários Municipais, pois ouço muitos colegas vereadores dizerem que foram procurados por pessoas da comunidade para resolver determinado assunto, entendo que todos os Secretários foram indicados por partidos que fazem parte da base aliada, portanto se eles não estão realizando um bom trabalho cabe ao Executivo Municipal solicitar aos Partidos que providenciem a sua substituição no cargo por outra pessoa mais comprometida, pois se isso não ocorrer existirá uma inversão de atribuição, o vereador estará executando atividades na administração municipal e o secretário estará legislando no Legislativo Municipal”, colocou Lucas. 

Em tempo disse que os Blogs do Município ao informar as pessoas da comunidade devem ter a preocupação de divulgar os dois lados da matéria, caso contrário, estarão tendo uma postura tendenciosa que certamente não contribuiu para a divulgação de uma informação correta dos assuntos de interesse da comunidade. 

“O Prefeito Municipal não deve deixar que assessores lhe passem informações que não sejam corretas, principalmente no que se refere aos números de sua administração. A prestação de contas de uma gestão deve conter os números que expressem a sua realidade e que estes números sejam únicos, portanto o que deve valer são os números que constam no relatório de gestão fiscal que é enviado ao Legislativo Municipal para a devida avaliação e aprovação, inclusive com a realização de audiência pública para que haja mais transparência junto à comunidade”, finalizou Jaime.

0 comentários: