5 de abr de 2016

Memorial da Família resgata história das cabanhas Perau da Águia e La Coronilla

A tradição ligada ao campo, transmitida entre nove gerações da família Farias, continua viva, preservada e ganhou destaque, em espaço onde foi celebrada com a riqueza de elementos que carregam uma história secular. A exposição "Memorial da Família - Raízes de um tempo", realizada durante os dias 1º, 2 e 3 de abril no Parque Charrua, em Pinheiro Machado/RS, reuniu itens de mais de cem anos, e celebrou a 10ª edição do remate conjunto das cabanhas.  

O memorial foi composto por um acervo de objetos próprios da Fazenda Perau da Águia e da Cabanha La Coronilla, dos primos Heber da Rosa Farias e Eduardo Souza Farias. Para a mostra, foram reunidos objetos, documentos, móveis e utensílios utilizados pela família, em nove gerações ligadas ao meio rural. Os primeiros documentos registram o ano de 1819. 

Para Maria Luiza "Lula" Dutra Farias, esposa de Heber, reunir os objetos foi uma forma de valorizar a história do trabalhador do campo. "Aqui não tem nada comprado em antiquário, é tudo próprio, e do uso da família. Cada peça aqui tem uma história", diz ela. No local ainda foi montado um espaço chamado "Estancinha Família Crioula", contendo brinquedos tradicionais voltados à diversão das crianças.  

Além da mobília e dos objetos decorativos, no acervo ainda constam itens como selas, arreios, cordas, rédeas, laços, estribos, esporas e até mesmo brinquedos antigo, veículos e instrumentos veterinários. Dentro do contexto de homenagens às cabanhas, foi feita ainda uma cavalgada que partiu de Dom Pedrito no dia 29/3 e passou por Bagé, Aceguá e Pedras Altas. 

Clique aqui e veja o álbum de fotos da exposição.

0 comentários: