Últimas Notícias
Carregando...

Posto da PRF de Pinheiro Machado deve ficar aberto

O deputado Afonso Hamm se reuniu com o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Pedro de Souza da Silva, o presidente do Sindicato da PRF no Estado, Maicon Nachtigall, e o inspetor chefe da 7ª Delegacia da PRF, em Pelotas, José Apodi Dourado. O foco foram os postos da PRF que estão fechados ou atendendo parcialmente, especialmente na fronteira. De acordo com a assessoria do deputado, ficou assegurado pelo superintendente que o posto policial de Pinheiro Machado permanecerá aberto.

Hamm, no encontro, ressaltou que a redução do trabalho da PRF compromete a segurança dos cidadãos dessas localidades. Uma das preocupações de Hamm, que também é diretor da Frente Parlamentar em Defesa da PRF, é com o aumento no número de casos de abigeato, além do contrabando de produtos falsificados para comercialização, do tráfico de armamento e drogas. Para ele, é essencial para a segurança das pessoas o pleno funcionamento dos postos policiais dentro do Estado. 

Outro tema abordado pelo parlamentar é sobre a urgência de aumentar o efetivo da PRF, que somente no Rio Grande do Sul, disse ele, está com uma defasagem de aproximadamente 200 profissionais. Atualmente, expôs, 739 policiais atuam em 6,2 mil quilômetros de rodovia e quase dois mil quilômetros de fronteira. “É necessário compatibilizar a distribuição do efetivo para melhorarmos a fiscalização da fronteira e as operações da PRF”, reiterou. 

De acordo com Nacthigall, o sindicato da categoria defende a permanência do maior número de postos da PRF abertos, contanto que essas unidades estejam com condições de trabalho adequadas e com policiais suficientes, para garantirem sua própria segurança e, consequentemente, da população e do trânsito nas rodovias gaúchas.

Leia também:

0 comentários