24 de jun de 2016

Governo estadual anuncia corte do ponto de professores em greve

Executivo diz que decisão de manter a paralisação é "política" 

No mesmo dia em que os professores estaduais decidiram das continuidade à paralisação, o governo do Estado anunciou o corte no ponto dos grevistas. Na proposta encaminhada na quarta-feira ao Cpers, a Secretaria de Educação se comprometeu a não descontar os dias parados, caso o movimento fosse encerrado. 

Em nota, o Executivo lamenta a manutenção da paralisação e diz que a decisão é "claramente política". O texto ainda destaca que a pasta dialogou com a categoria e informou que a crise financeira impossibilita qualquer possibilidade de reajuste salarial, mas que foi possível apresentar avanços durante as negociações. 

"Em pautas sem repercussão financeira, foram apresentadas propostas concretas à categoria, como a revogação da portaria que institui um grupo de trabalho para avaliar o Difícil Acesso e o prolongamento, até o final do ano, da discussão sobre o projeto de lei nº 44/2016", diz parte da nota. O governo ainda diz que tomará as medidas legais e administrativas cabíveis. 

Na assembleia que ocorreu nesta tarde no Gigantinho, os professores votaram pela continuidade da greve, que já dura seis semanas. Foram 730 votos contra 691.

GAÚCHA

0 comentários: