17 de jun de 2016

MORMO: decisão importante para o Rio Grande do Sul

O deputado federal Afonso Hamm comemorou a ampliação da aceitação de exames negativos de mormo de 60 para 180 dias, para fins de trânsito de equinos no âmbito do Rio Grande do Sul. 

A decisão foi possível após reunião realizada na última segunda-feira, na sede da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (SEAPI), com a presença do secretário de agricultura, Ernani Polo e com representantes de entidades de criadores de equinos, onde foram apresentadas informações sobre a incidência de mormo no Estado. 

Um ano depois do primeiro caso diagnosticado da doença no RS, técnicos da secretaria junto com o ministério da agricultura, realizaram um levantamento com o cruzamento de dados, do número de exames realizados, que hoje estão em cerca de 180 mil, em relação ao número de animais que foram diagnosticados com mormo, que atualmente são 62.

0 comentários: