Últimas Notícias
Carregando...

Final de semana das Mães deixa 12 mortos no trânsito Gaúcho

O fim de semana que incluiu o Dia das Mães, celebrado no último domingo (14), teve 12 mortes no trânsito no Rio Grande do Sul. O levantamento é do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS), com números da Operação Viagem Segura.
Segundo as autoridades, o período costuma ser o mais violento nas estradas, tanto federais quanto estaduais. Comparado aos outros seis feriados ocorridos neste ano, o fim de semana do Dia das Mães teve uma média mais alta de mortes: são 4 contra 2,98 óbitos por dia nas datas anteriores.
No ano passado, no mesmo período, foram 11 mortes. Em 2015, o número foi de 21 e, no ano anterior, 14 pessoas perderam a vida.
Um dos acidentes mais graves vitimou Jorãn Teixeira da Cruz, de 20 anos, guitarrista de uma banda sertaneja, na ERS-400, em Candelária. O grupo voltava de um show em Sobradinho, na Região Central do estado, realizado na noite de sábado (13). Na manhã de domingo (15), por volta das 6h, o coletivo tombou e caiu dentro de um arroio.

Fiscalização nas estradas

Nos três dias de fiscalização da Operação Viagem Segura, foram inspecionados 19.626 veículos, com 3.924 infrações. Ao todo, foram recolhidos 592 veículos e 141 carteiras de habilitação.
No que se refere ao controle da alcoolemia, foram abordados 1.589 condutores, sendo que 112 deles foram autuados, e 30 acabaram enquadrados em crime de trânsito.
A Operação Viagem Segura reúne órgãos de fiscalização e instituições parceiras para prevenir acidentes nos feriados e principais datas comemorativas. Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar (BM), Comando Rodoviário da BM (CRBM), Detran-RS e Polícia Civil reforçam a fiscalização.
Ônibus tombou e caiu dentro de arroio em Candelária; um jovem de 20 anos morreu no local (Foto: Patricia Steffanello / Rádio Sorriso FM)

Leia também:

0 comentários