Últimas Notícias
Carregando...
,

Prefeito Municipal processa jovem por comentário na Rede Social Facebook

Foto divulgação -

No dia 25 de março do corrente ano, o jovem Douglas Spencer morador da localidade da Vila Umbús, Pinheiro Machado, publicou na rede social Facebook um apelo ao Prefeito Municipal de Pinheiro Machado José Felipe da Feira, ao Vice-Prefeito Ronaldo Madruga e aos vereadores para que os mesmos fossem até a localidade para verem a situação da quadra poliesportiva e também do ginásio da localidade.

O jovem disse que a situação era ridícula, e colocou que o único vereador que corria atrás pelo que via era o socialista André Kisuco.

Sobre o ginásio o jovem informou que havia se tornado um estacionamento, pois não tem iluminação, as laterais são abertas “um verdadeiro galpão”.

O jovem ainda publicou que o projeto era igual ao do ginásio construído na vila operária- Candiota, tendo as laterais fechadas e enfatizou que o resto da grana sumiu como tudo no nosso país.

“Mas isso já são outras gestões, mas a realidade é que passa ano e a velha promessa do fechamento do ginásio não sai do papel” escreveu Douglas.

A quadra foi a que restou, sem iluminação e as telas esburacadas. Para isso o jovem fez o apelo – “espero que façam alguma coisa, a população colocou vocês aí para melhorar, não pra fica como está, tá todo mundo careca de saber que a maior a arrecadação de impostos do município é da Votoram, então é o mínimo a ser feito, tem que ser muito cara de pau pra vim pedir voto depois, façam algo” solicitou o jovem.

Para a grata surpresa do jovem, passados cerca de 2 meses, uma correspondência recebida em sua residência chamou a atenção. Conforme divulgou na rede social, o jovem foi processado por Danos morais.

O jovem indignado com o fato desabafou na rede social, anexando o recebido: “Aqui tá o preço de ser alguém que reclama das condições da nossa vila. No lugar de vim aqui e resolver tudo que solicitei, porque nada foi feito, não, resolveram processar a mim. INDENIZAÇAO POR DANOS MORAIS,  pelo visto o certo é se calar mesmo diante dos fatos” Finalizou.

Leia também:

0 comentários