31 de jul de 2015

Tesoureira da Associação de Assistência Social comenta sobre valores recebido do Governo Tarso Genro

Em recente reportagem vinculada em um meio de comunicação que circula na região a tesoureira da Associação de Assistência Social, que é a mantenedora do Hospital de Pinheiro Machado, Everaldina Santos, esclareceu a declaração dada pelo presidente do PT de Pinheiro Machado, durante encontro petista no município. 

Gilson na ocasião havia dito que o governo Tarso Genro investiu R$ 4 milhões no Hospital de Pinheiro Machado.  

Everaldina sobre o fato disse que no dia 3 de outubro de 2013, o governo do Estado contemplou a instituição com a importância de R$ 1.094.000,92 (um milhão e noventa e quatro mil reais, com noventa e dois centavos). Dinheiro este que foi um repasse emergencial conseguido pelo deputado Ciro Simoni, que na época era secretário de Saúde.  

Everaldina comentou ainda que depois, em agosto de 2014 foi assinado através da então secretária de Estado da Saúde, Sandra Fagundes, uma contratualização do Hospital com o Estado para prestação de serviços, que foi o que permitiu e deu condições de ter contratos médicos para ofertar serviços mediante a produção dos mesmos.  

“Já estamos em tratativas para a renovação deste contrato, que deverá vencer neste mês agosto próximo. Os demais recursos que o hospital tem conseguido é em forma de aquisição de equipamentos para a prestação de serviços, como foi a compra do aparelho de raio X, entre outros", destacou Everaldina.

0 comentários: