21 de out de 2015

Contrato agiliza cirurgias de catarata de pacientes pelotenses em Pinheiro Machado

Mais rapidez para quem aguarda por uma cirurgia de catarata através do Sistema Único de Saúde (SUS). Esse é o objetivo da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ao contratar o Hospital de Pinheiro Machado cujo atendimento em oftalmologia é referência na região. O documento foi assinado na manhã desta quarta-feira (21/10/15) pelo prefeito de Pelotas Eduardo Leite e o vice-prefeito de Pinheiro Machado, Ronaldo Madruga. 

Até o final do mês de agosto deste ano, 1.837 pessoas foram operadas graças a uma parceria com o Hospital de Beneficência Portuguesa de Pelotas, que segue em vigor. Até dezembro de 2016, serão realizadas 1.040 cirurgias, totalizando 2.877. Com a assinatura desse novo contrato, a prefeitura garante mais 600 cirurgias, fechando uma média de 115 por mês, concluindo 3,5 mil procedimentos até o final do governo. “As consultas vão começar no dia 30 deste mês e a primeira cirurgia está prevista para o dia 26 de novembro”, anunciou Eduardo. A prefeitura disponibilizará transporte, para paciente e acompanhante, duas vezes ao mês.  

Além da realização das cirurgias de catarata, o investimento de mais de R$ 500 mil ao ano - oriundo de recursos públicos da gestão da SMS - também prevê o pagamento de consultas oftalmológicas pré e pós-operatórias aos pacientes do SUS. 

De acordo com a secretária de Saúde, Arita Bergmann, o aumento no número de intervenções cirúrgicas é fundamental para que os processos de espera sejam cada vez menores. Atualmente, a espera para a realização da cirurgia após a primeira consulta está em torno de oito meses. Antes, chegou a cinco anos. Esse tempo de espera, explica Arita, se deve aos exames que devem ser realizados, mas também pela estabilidade clínica das doenças coadjuvantes que acomete a grande maioria dos portadores de catarata. “A fila é grande. Por isso esta nova parceria é de extrema ajuda para que essa demanda aos poucos, seja reduzida. É um importante passo", comemora.  

Ansiosa com o anúncio, Lucy da Silva Neves, 86 anos, que está na fila para ser operada, compareceu à cerimônia de assinatura no Paço Municipal ao lado da filha, da neta e da bisneta, e com a foto da sua neta de terceira geração (trineta). “Graças a Deus, até hoje, faço tudo sozinha, mas não tenho conseguido tricotar por causa da minha vista esquerda. Estou com muita esperança de ficar boa”, disse. 

Também participaram da solenidade, o médico oftalmologista responsável pelas cirurgias em Pinheiro Machado, Humberto Schevermann, alguns usuários do SUS que aguardam pela cirurgia de catarata, servidores da SMS, representantes do hospital e da prefeitura de Pinheiro Machado, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Jaime Fonseca, entre outros presentes.

0 comentários: