10 de jul de 2018

Curso de Aprendiz de Operador de Forwarder

A empresa PSG (Prestadora de Serviços Gaúcha) está realizando recrutamento e seleção para o curso de Aprendiz de Operador de Forwarder em Pinheiro Machado/RS.

Para se inscrever é necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação (pelo menos) na categoria B e enviar currículo até o dia 13/07 para o e-mail: rh@psggaucha.com.br.

O curso é gratuito.Terá duração de 9 semanas com início das aulas previsto para o mês de agosto.

Sendo aprovado no curso há possibilidades de contratação como Aprendiz de Operador de Máquinas Florestais.

6 de jul de 2018

Cancelada a domingueira na Sociedade Filhos da Lua




A direção da Sociedade Recreativa e Cultural Filhos da Lua comunica que, por motivo de força maior, a tradicional domingueira do dia 8 não será realizada.

Comunicado do SIMPM

O SIMPIM comunica que o pagamento dos 80% do salário referente ao mês de maio/18, para funcionários ativos, inativos e pensionistas esta confirmado para terça-feira dia 10/07/18, conforme informou a secretária da fazenda na manhã de hoje (06).

5 de jul de 2018

Criminosos explodem agência de banco e provocam apagão em Canguçu

Foto:Reprodução
A cidade de Canguçu, que já havia sido alvo da criminalidade em setembro do ano passado, quando bandidos assaltaram a praça de pedágio, novamente viveu momentos de pânico na madrugada desta quinta-feira, dia 5, quando, por volta das 3h30min, um grupo de assaltantes explodiu a agência do Banco do Brasil da cidade. Na ação, os criminosos provocaram um apagão, deixando quase toda a cidade sem energia elétrica durante horas.
Segundo informações do Comando Regional de Policiamento Ostensivo da Região Sul (CRPO/Sul), os bandidos utilizaram dois carros para a fuga e queimaram um caminhão na BR-392 para bloquear acessos.
A polícia segue as investigações e vai avaliar se os criminosos levaram o dinheiro que estava no cofre e nos caixas eletrônicos. A ação criminosa não deixou nenhum ferido, mas a agência ficou destruída e o prédio teve sua estrutura comprometida. A Brigada Militar de Pelotas reforça o policiamento na cidade com cerca de 55 mil habitantes.
Fonte:https://leouve.com.br

Promotor: caso de matricídio, em Pinheiro Machado, "foi o primeiro da minha carreira"

Foto:Reprodução
Um crime bárbaro que chocou toda a comunidade da região da Campanha repercute até hoje. No sábado passado, dois adolescentes - a filha, de apenas 12 anos, e o genro da vítima, de 16 anos - foram apreendidos acusados pela morte e ocultação de cadáver de uma mulher de 37 anos. Autoridades, perante o caso, detalham como funciona a lei nesta situação.
O fato, que teria ocorrido na quinta-feira passada, quando a adolescente, de 12 anos, e o namorado, de 16 anos, mataram, a marteladas e a socos, a mãe da menina e enterraram o corpo no pátio da residência, está em processo no poder Judiciário. De acordo com o titular da Delegacia de Polícia Civil de Pinheiro Machado, delegado regional Luís Eduardo Benites, os dois jovens foram ouvidos na sexta-feira passada e, após indiciados pelo ato infracional, o Ministério Público os denunciou ao Poder Judiciário, que acatou a decisão e apreendeu os dois jovens.

Segundo Benites, a motivação para o crime seria porque a mãe da menor não aceitava o relacionamento. “Ele (o adolescente) se arrependeu e confessou para um familiar. Ambos estavam na casa da família dele após terem cometido o ato. A vítima teria discutido com eles, pois não queria que eles se relacionassem. Então, começaram a se agredir fisicamente, momento em que o adolescente pegou um martelo e desferiu alguns golpes nela e, após, a menina de 12 anos teria acertado a mãe e ela então teria morrido. Então, eles resolveram cavar no pátio uma cova e colocar o corpo da mulher. Em cima, para disfarçar, eles colocaram uma casa de cachorro e, após, foram para a casa da família dele”, informou o delegado.

Conforme o promotor de Justiça da Comarca de Pinheiro Machado, Adoniram Lemos Almeida Filho, ambos confessaram o crime. “Eles divergiram nos depoimentos, não podemos dar detalhes por ser um ato infracional que ocorre em segredo de Justiça, mas posso dizer que eles mudaram a confissão durante a oitiva”, disse.

Almeida Filho comentou que, em sua carreira, este é o primeiro caso de matricídio ao qual ele se deparou. “Já vi muitos casos onde adolescentes cometem homicídios, mas dessa natureza é o primeiro. Além da situação da morte”, destacou. A autoridade está à frente do Ministério Público da Comarca de Pinheiro Machado há quatro anos, anteriormente era promotor de Justiça em São José do Norte, mas sua maior atuação foram sete anos na Comarca de Tupanciretã.

O titular do Ministério Público salienta que ainda não foi apresentado o laudo da necropsia, pois o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) não exige materialidade do ato infracional. “Agora, os adolescentes, apreendidos por ato infracional, aguardam internados por 45 dias o encerrar do processo, no qual o juiz irá determinar o período de internação, sendo que será realizada, a cada seis meses, reavaliações de manutenção da decisão”, explicou.

Conforme o ECA, no artigo 121, que fala da internação, no inciso 3º, em nenhuma hipótese o período máximo de internação excederá a três anos, e no inciso 4º ressalta que, atingindo o limite estabelecido, o adolescente deverá ser liberado, colocado em regime de semiliberdade ou de liberdade assistida. “Ambos os jovens desse fato são assistidos por essa lei, ou seja, a menina de 12 anos e o adolescente de 16 anos respondem por ato infracional grave”, complementou.


Internação
O adolescente foi levado para o Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE), em Pelotas, e a menina encaminhada para o Centro de Atendimento Socioeducativo Feminino (CASEF), em Porto Alegre. Servidores da Brigada Militar e da Polícia Civil levaram o jovem para Pelotas, já a menina foi levada por um policial civil da Delegacia Regional de Polícia Civil e o Conselho Tutelar.

A dupla foi recolhida acusada de matar e esconder o cadáver de Vanessa de Bairos da Rosa, na última quinta-feira, em Pinheiro Machado. A ordem de internação provisória é do juiz de Direito Thiago Dias da Cunha, em atendimento a pedido do Ministério Público, e inclui o namorado da menina, de 16 anos, que teria ajudado na consecução do crime. 

Formalmente, pode-se classificar o caso como atos infracionais análogos a homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e dificuldade de defesa, 12 a 30 anos de reclusão) e ocultação de cadáver (de um a três anos de reclusão, e multa). Em depoimento à polícia e ao Ministério Público, os jovens confessaram o crime, embora com detalhes diferentes. Eles afirmaram que a menina sofria com os maus-tratos da mãe, que não aceitava o namoro.

No despacho, assinado no dia 30 de junho, o juiz considerou que os requisitos necessários da internação provisória estão presentes no caso, em que existe prova de materialidade delitiva, bem como indícios suficientes sobre a autoria. O julgador destacou a "frieza" dos adolescentes, capazes de planejar a ocultação do corpo e do objeto usado no crime.

Fonte:Jornal Minuano

4 de jul de 2018

Frio Intenso e chuva congelada

Na tarde de hoje, quarta-feira (04), houve registro de chuva congelada nos municípios de Aceguá ,Bagé ,Santana do Livramento, Canguçu, Pinheiro Machado e Piratini.
Os acadêmicos do curso de Meteorologia da UFPEL desde ontem anunciavam a possibilidade de neve na região.

Câmara de Pinheiro Machado campeã no Torneio Regional de Câmaras da Azona Sul

Foto:Reprodução
Invicto nas duas partidas, o time da Câmara de Vereadores de Pinheiro Machado garantiu o primeiro lugar no Torneio Regional de Integração entre as Câmaras da Azona Sul, alusivo às comemorações de aniversário do município de Piratini.

As partidas ocorreram no Centro de Eventos Erni Pereira Alves, Ginásio de Esportes da Capital Farroupilha contra as equipes de casa (Piratini) e a equipe da Câmara de Capão do Leão. A primeira vitória da equipe pinheirense foi com um saldo de 9x3, contra Piratini, seguida da segunda vitória que trouxe o título para Pinheiro Machado, com um placar de 9x4 contra a cidade de Capão do Leão.

Participaram das partidas Vereadores e Servidores dos Poderes Legislativos das cidades.



3 de jul de 2018

Expedição Fuscamérica realiza sonho de acompanhar a Copa do Mundo na Rússia

Foto:Reprodução
Com o objetivo de mostrar a essência da simplicidade, a Expedição Fuscamérica é um projeto que nasceu em 2012 e desde então já percorreu 45 mil quilômetros por sete países, pela América do Sul. Em todas as viagens que são promovidas, um co-piloto acompanha o fotógrafo Nauro Júnior com todo o suporte necessário. O objetivo da equipe do Fuscamérica é de mostrar que nada é impossível e que os sonhos tem que ser vividos, com todo o planejamento necessário para fazer acontecer. A aventura desta vez é a viagem para a Copa do Mundo, na Rússia, com o principal foco de mostrar o lado B do mundial, de forma independente. 

Na viagem, o Nauro está acompanhado do co-piloto Caio Passos, estudante de Cinema, que atualmente mora na cidade do Porto, em Portugal. Ele conta que foram recebidos muito bem por todos na cidade, além disso, ressalta que “viemos como imprensa independente e viramos pauta. Saímos em matérias em mais de sete línguas em 15 diferentes países”, disse.

A viagem para a Rússia

Na última Copa, no ano de 2014, após o jogo da Alemanha e do Brasil, o fotógrafo teve a ideia de viajar até a Rússia, como um desafio. “Se um fusca pode chegar à Rússia a seleção também pode trazer o hexa”, afirma. 

Nos últimos dois anos, a equipe iniciou a preparação para a viagem. No mês de janeiro, foi organizado um financiamento coletivo para adquirir recursos, com a realização de rifas, brechós, venda de livros, uma força tarefa promovida com o apoio de amigos. Em relação às hospedagens, foi comprada uma barraca de teto, da Blue Camping, que permite dormir em qualquer lugar. 

Para transportar o Fusca até o país russo, a empresa Sagres Agenciamentos Marítimos forneceu o apoio, além de proporcionar o contato com a Wallenius Wilhemsen Ocean (WWO), uma empresa sueco-norueguesa que faz o transporte de veículos através dos navios Ro Ro.Segundo a jornalista Gabriela Mazza, esposa do fotógrafo, depois de organizada toda a parte burocrática, o fusca 1968, chamado de “Segundinho”, embarcou no Porto de Rio Grande no dia 19 de abril. “A chegada ao Porto de St. Petersburgo aconteceu no dia 10 de junho. No mesmo dia, o Nauro embarcou no Brasil com destino à Rússia. No dia 13, o fusca já estava liberado para rodar pelas estradas russas”, salienta.

A partir das definições de grupo da Seleção Brasileira, serão definidos os próximos destinos. “Nossa ideia é acompanhar as seleções latino-americanas até a final, no dia 15 de julho, em Moscou”, ressalta Gabriela.

Segundo o fotógrafo, mesmo com a dificuldade do idioma a recepção das pessoas desde o começo, foi muito boa. “Nosso russo é realmente indecifrável! Tivemos sempre pessoas incríveis ao nosso redor. Conhecemos um russo chamado Ravil, que nos acolheu na sua casa por mais de uma semana. Ele é um dos maiores restauradores de carros antigos da Rússia e conheceu a nossa história através das matérias que saíram na imprensa internacional. Além de nos hospedar, foi até a Finlândia buscar peças de reposição para o Segundinho. Acho que isso resume bastante à receptividade que tivemos”, explana. 

Em Moscou não foi diferente: o Clube de Fuscas recebeu os aventureiros com todo carinho, “nos levou para conhecer a cidade e tem sido de um carinho incrível. Amigos que o Fusca faz nessa vida”, enfatiza.

A realização do sonho

Nauro destaca que está muito feliz em realizar esse sonho, mas que ao mesmo tempo a concentração está voltada ao principal objetivo da viagem que é mostrar o lado B da Copa. Vídeos diários estão produzidos para o canal do YouTube e também a atualização das redes sociais. Além disso, a captação de matéria-prima para o documentário da Expedição Fuscamérica.

Após a conclusão do documentário, o qual demanda algumas etapas e tempo para busca de recursos, a ideia da equipe é lançar um livro, pela editora Satolep Press, que é de Nauro e Gabriela. 

De acordo com ele, “após a Copa do Mundo da Rússia, o Caio, nosso co-piloto, volta para Portugal. No dia da final da Copa, a Gabi e Sofia embarcarão para Riga, na Letônia, onde nos encontraremos. De lá, percorreremos oito países (Letônia, Lituânia, Polônia, República Tcheca, Áustria, Itália, França e Espanha) até o Porto de Santander, na Espanha, onde embarcaremos o Fusca de volta para o Brasil no dia 15 de agosto”, finaliza. 

Fonte: Jornal Tradição



PRF apreende 500 quilos de agrotóxicos em Hulha Negra

Foto:Reprodução
A Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 500 quilos de agrotóxicos de origem estrangeira na manhã de ontem, na BR-153, em Hulha Negra. A ação contou com o apoio da Polícia Federal.

Durante ações de fiscalização e combate ao crime, os policiais tentaram abordar um Logan, com placas de Navegantes/SC, que transitava pela BR-153. O condutor, no entanto, desobedeceu a ordem dos policiais e fugiu em alta velocidade.

Após alguns quilômetros de acompanhamento tático, o motorista do Logan perdeu o controle e o veículo saiu de pista. Ao verificar o automóvel, a equipe policial encontrou cerca de 500 quilos de agrotóxicos de origem estrangeira. Parte da carga ficou espalhada na faixa, próximo a um córrego.

O condutor do Logan, um homem de 46 anos, natural de Dom Pedrito, foi encaminhado ao hospital e, após atendido, conduzido à Polícia Federal de Bagé.

Fonte:Jornal Minuano


2 de jul de 2018

Luta contra mineração no Camaquã entra no mapa de conflitos socioambientais de atenção mundial

A luta das comunidades da bacia do rio Camaquã contra o projeto Caçapava do Sul, da Votorantim Metais, para extrair chumbo, zinco e cobre em uma área localizada às margens do rio Camaquã, foi aceita e registrada como Conflito Socioambiental de Atenção Mundial no Atlas Global de Justiça Ambiental. O EJAtlas é uma plataforma virtual interativa de mapeamento de conflitos ambientais no mundo que busca disponibilizar informações e dar mais visibilidade aos mesmos.
O “Projeto Caçapava do Sul” prevê a implantação de uma mina para a produção de 36 mil toneladas de chumbo contido, 16 mil toneladas de zinco e cinco mil toneladas de cobre contido, por ano. As empresas garantem que o projeto é sustentável e não oferece nenhum risco para o meio ambiente. Moradores da região, no entanto, desconfiam dessa promessa de segurança, lembrando os efeitos do vazamento de mercúrio nas instalações da antiga Companhia Riograndense do Cobre, nas Minas do Camaquã, que ocorreu em 1981, deixando sequelas em diversas cidades.
A área onde a Votorantim pretende minerar é uma das regiões mais preservadas do Rio Grande do Sul e a mais preservada do bioma Pampa. Ela é habitada por comunidades tradicionais que tem um modelo de desenvolvimento baseado na pecuária familiar, na agricultura familiar, no artesanato de lã e na produção de doces coloniais, entre outras atividades.
Esse território possui dois sítios considerados de alta relevância em termos de patrimônio geológico, que figuram na lista “Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil” e fazem parte do patrimônio geológico brasileiro. Moradores da região criaram a União pela Preservação do Camaquã (UPP) que vem procurando articular várias comunidades na luta contra a implementação do projeto minerador.
“Nós conhecemos de perto o que significam essas promessas. Tivemos uma experiência direta. A CBC (Companhia Brasileira de Cobre) contaminou o Camaquã em 1988 e 1989 e o rio sofre até hoje os prejuízos. Foi uma tristeza ver os peixes desaparecendo. Nós vamos lutar até o fim, enquanto tivermos uma gota de sangue, contra esse projeto”, diz Márcia Collares, moradora de Palmas e integrante da UPP.
O Atlas Global de Justiça Ambiental possibilita a pesquisa de conflitos ambientais por país, por tipo de material explorado e por empresas envolvidas. A plataforma já reúne 2477 conflitos socioambientais em diferentes regiões do mundo. No Brasil, até o momento, há 104 conflitos registrados. A iniciativa tem o apoio de movimentos sociais, organizações civis e pesquisadores que contribuem para preencher o mapa com mais casos de conflitos e informações sobre os mesmos.
Essa plataforma faz parte do projeto Environmental Justice Organisations, Liabilities and Trade (EJOLT), do qual participam mais de 100 especialistas e pesquisadores de 23 universidades e organizações não-governamentais de 18 países pelo mundo. O projeto é coordenado no Instituto de Ciência e Tecnologia Ambiental da Universidade Autônoma de Barcelona (UAB) na Espanha pela pesquisadora Leah Temper e pelo professor Joan Martinez Alier.
Fonte:https://www.sul21.com.br

Inscrições para EJA no Hipólito Ribeiro iniciaram na segunda-feira (02)

Foto:Reprodução
A direção do Colégio Estadual Hipólito Ribeiro comunica que as inscrições para a EJA começaram hoje segunda-feira (02/07) e seguem até o dia 19/07 na instituição. 

As mesmas podem ser feitas no turno da noite das 19h às 23h. 

Os interessados devem levar xerox do documento de identidade, comprovante de residência, histórico escolar, cartão do SUS e  uma foto 3x4.

Hospital de Pinheiro Machado foi contemplado com aprovação de projeto

Foto: Reprodução

Na última quinta-feira (28/06), o Hospital de Pinheiro Machado foi contemplado com a aprovação de um projeto encaminhado em setembro de 2017, para incremento na receita da instituição. O anúncio foi feito em Porto Alegre pelo Ministro da Saúde, Gilberto Occhi, durante evento que divulgou a liberação de recursos para 67 municípios e governo do estado.

Com a aprovação do projeto, o hospital passará a contar com um repasse estadual anual de R$ 439 mil, a serem aplicados em custeio.
A aprovação do projeto foi possível devido a adequações feitas pela diretoria da instituição, buscando atender normas e diretrizes da Portaria nº 929/GM/MS do Ministério da Saúde, possibilitando assim um impulso na receita da instituição, que passa a atender 100% SUS. Neste ano, os vereadores pinheirenses Ronaldo Madruga e Sidinei Calderipe fizeram uma verdadeira peregrinação em Brasília, buscando sensibilizar o Ministro da Saúde, Deputados Federais da Bancada Gaúcha e Senadores para que o projeto fosse finalmente publicado.
“Este é mais um grande avanço, que sinaliza a possibilidade de qualificar e investir melhor, prestando um serviço cada vez mais capacitado a comunidade”, comemora a diretoria do Hospital.
Atualmente, o Hospital mantém em dia salários, fornecedores e tenta manter equilibrada a situação financeira. “Um deslize nos requisitos estabelecidos pela legislação, acarretará prejuízos enormes atingindo diretamente aos usuários”, destaca a diretoria. Vale lembrar que em 2013, a instituição possuía dívida superior a R$ 6 milhões, maior inclusive do que a dívida do município de Pinheiro Machado. “A gestão do Hospital tem sido modelo e referência para muitos hospitais do mesmo porte, que buscam informações diárias da metodologia aplicada”, comemoram.
Com as novas adequações, o hospital passa agora a oferecer todos os leitos disponíveis para usuários do SUS, sem destinação exclusiva para pacientes particulares e de planos de saúde.

Câmara de Vereadores antecipa a Sessão Ordinária

A Sessão Ordinária que aconteceria na próxima quarta, em decorrência da participação do Legislativo nas comemorações de aniversário do município de Piratini, foi antecipada para esta terça, 03/07 ás 10:00hs.
Motivo da antecipação da Sessão: Parlamentares estarão presente em Porto Alegre, na entrega da licença ambiental prévia da Pellco Brasil.

Filha e genro acusados por morte de mulher em Pinheiro Machado são apreendidos

Foto:Reprodução
Um crime bárbaro que chocou toda comunidade da região da Campanha teve, no sábado, a apreensão dos dois adolescentes, filha e genro da vítima de 37 anos, acusados pelo assassinato. O fato, que teria ocorrido na quinta-feira passada, quando a adolescente, de 12 anos, e seu namorado, de 16 anos, mataram a marteladas e a socos a mãe da menina e enterraram o corpo no pátio da residência.
De acordo com o titular da Delegacia de Polícia Civil de Pinheiro Machado, delegado regional Luís Eduardo Benites, os dois jovens foram ouvidos. Segundo ele, a motivação seria porque a mãe da menor não aceitava o relacionamento. “Ele se arrependeu e confessou para um familiar. Ambos estavam na casa da família dele após terem cometido o crime. A vítima teria discutido com eles, pois não queria que eles se relacionassem. Então, começaram a se agredir fisicamente, momento em que o adolescente pegou um martelo e desferiu alguns golpes nela e, após, a menina de 12 anos teria acertado a mãe e ela então teria morrido. Então eles resolveram cavar no pátio uma cova e colocar o corpo da mulher. Em cima, para disfarçar, eles colocaram uma casa de cachorro e, após, foram para a casa da família dele”, informou o delegado.
O adolescente foi levado para o Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE), em Pelotas, e a menina foi encaminhada para o Centro de Atendimento Socioeducativo Feminino (CASEF), em Porto Alegre.  Servidores da Brigada Militar e da Polícia Civil levaram o jovem para Pelotas, já a menina foi levada por um policial civil da Delegacia Regional de Polícia Civil e o Conselho Tutelar. 
Fonte:Jornal Minuano

Prendas e Peões Gestão 2018/2019 da 21ª RT

A 21ª RT conheceu na madrugada do dia 30 de junho as novas Prendas e Peões Gestão 2018/2019!
1ª Prenda Dente de Leite: Sophia Stephanny Crizel Barrocas - CTG Raul Silveira, de Canguçu
1ª Prenda Mini Mirim - Mayara Rodrigues da Rosa - CCTG Lila Alves, de Pinheiro Machado
1º Piá Farroupilha - Allan Rosa - CCTG Lila Alves, de Pinheiro Machado 
2º Piá Farroupilha - Bernardo Silva das Neves - CTG Fogo de Chão, de Pedro Osorio
2ª Prenda Mirim: Julia da Silva Vaghetti - CTG Fogo de Chão, de Pedro Osorio
3ª Prenda Mirim: Helen Peter da Silva - CTG Tropeiros da Querência, de Arroio Grande
2ª Prenda Juvenil: Júlia Bredow dos Santos - CTG Fogo de Chão, de Pedro Osorio
2ª Prenda: Manuela Dias das Neves - CTG Fogo de Chão, de Pedro Osorio
3ª Prenda: Izadora Vieira dos Santos - CTG Lanceiros da Querência Bernardino de Armas, de Jaguarão


1ª Prenda Mirim: Camili da Rosa Martins - CCTG Lila Alves, de Pinheiro Machado
1ª Prenda Juvenil: Maria Othávia Mariani Roque - CCTG Lila Alves, de Pinheiro Machado
1º Peão Farroupilha: Wellerson Garcia - CTG Tropeiros da Querência, de Arroio Grande
1ª Prenda: Diana Faria de Andrade - PTG Raizes da Fronteira, de Jaguarão